Cashback no e-commerce: O que é, como funciona e porque é importante oferecer ao cliente?

O mercado está mudando e cada vez mais os clientes têm a ciência do seu papel decisivo dentro da tomada de decisões das empresas. Logo eles se tornaram mais exigentes e cabe às marcas serem criativas para oferecer mais valor e ganhar o cliente. O cashback no e-commerce é um dos caminhos criados para isso, fazendo parte das campanhas de marketing para loja virtual e ações de vendas.

Segundo um levantamento da ABEMF (Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização), 61% dos consumidores concentram suas compras em empresas com programas de fidelidade.

Esse mesmo estudo ainda apontou que 72% dão dicas a amigos e parentes de marcas e produtos com este tipo de programa. Outro estudo, desta vez levantado pela Teads, revelou que 67% dos brasileiros priorizam ofertas de cashback à marca ao trocarem de celular.

Ou seja, na maioria dos casos, os consumidores brasileiros preferem trocar de marca se encontrarem uma oferta que ofereça parte do dinheiro investido de volta. Não é uma tendência que dê pra ignorar, não é mesmo?

Clique e saiba mais +

Afinal, o que é cashback no e-commerce?

Cashback é um termo da língua inglesa que significa “dinheiro de volta” (cash = dinheiro + back = de volta). Na prática, se refere a um tipo de benefício oferecido pelas empresas aos clientes

Em um pedido, parte do valor pago pelo consumidor é devolvido em forma de crédito para uma nova compra.

A ideia surgiu no final dos anos 1990 com a empresa norte-americana Ebates. No Brasil esse conceito começou a surgir em 2007 e desde então vem ganhando mais espaço com grandes marcas voltadas para esse tipo de programa como:

  • Ame Digital,
  • PicPay,
  • Méliuz, por exemplo.

Para ficar mais claro, vamos a um exemplo: suponha que você tenha uma loja de calçados e coloque alguns pares com 5% cashback. 

O cliente escolhe um par no valor de R$200, ele receberá R$10 de cashback para usar em uma compra futura na mesma loja ou em outros parceiros do programa de cashback no qual ele está envolvido.

As formas de resgatar esse valor vai variar de um programa para outro, geralmente, é possível usar para abater o valor de um outro produto, em uma futura compra. Entretanto, em outros modelos o valor recebido de volta pode ser abatido da fatura do seu cartão, em outros é possível até mesmo sacar o valor em dinheiro.

Como funciona e como oferecer cashback no e-commerce?

Como destacamos, no caso do cashback no e-commerce quem define as regras é quem cria o programa. 

Logo ele pode ser oferecido em um aplicativo próprio como é o caso de algumas carteiras digitais como a Ame Digital, numa extensão de navegador ou diretamente no checkout do e-commerce.

No geral os passos serão os seguintes:

  • o cliente acessa o e-commerce;
  • escolhe os produtos e adiciona no carrinho;
  • ative o cashback no checkout, extensão ou app;
  • a loja faz intermédio para liberar o crédito após um prazo;
  • o valor fica disponível em um carteira digital;
  • de acordo com as regras, o consumidor pode resgatar esse valor para comprar novamente na mesma loja, em lojas parceiras ou até transferir para poder sacar.

Mas como operar tudo isso? Como controlar todo esse processo? Neste caso você terá de fazer uma parceria com uma empresa que divulgue seus descontos e cashback e pagar uma comissão por essa intermediação.

Neste caso o processo será o seguinte:

1. Encontre uma plataforma especializada em cashback e integre ao seu e-commerce;

2. Você irá definir o quanto de cashback pode oferecer em cada produto e incluir o valor da comissão cobrada pela plataforma que faz esse intermédio;

3. A empresa divulga em seu site as promoções que você passa para eles;

4. A cada compra processada a plataforma desconta sua comissão + o valor do cashback e cria uma carteira digital para cliente onde o valor será disponibilizado para o uso.

Algumas plataformas estabelecem um prazo e um valor mínimo para resgate, nesse caso você também pode trabalhar esses valores e prazos desde que respeite o mínimo da empresa de cashback.

Parece um processo simples, no entanto é preciso analisar cuidadosamente os valores que você vai oferecer, quando vai oferecer e qual a capacidade e versatilidade da plataforma de cashback para não ter reclamações e prejuízos.

Quais as vantagens de se oferecer cashback no e-commerce?

Agora que você já sabe como o cashback funciona e como colocá-lo em prática, talvez esteja inclinado a considerá-lo para o seu e-commerce, ou talvez não, por isso, separamos as principais vantagens que você e sua loja virtual poderão ter com este tipo de programa.

Maior visibilidade

Todos querem atrair sempre mais clientes, não é mesmo? Nada melhor que um programa de cashback dentro de uma plataforma que possui bastante acessos para conseguir esse tráfego para o seu e-commerce.

Como destacamos no começo do texto, mais de 60% dos brasileiros concentram suas compras em sites que oferecem este tipo de programa, por isso, estes consumidores estão sempre à procura de novos descontos e oportunidades. Oferecer cashback ajuda a empresa a aumentar suas taxas de conversão

Aumentar a fidelização dos clientes

Como disse o especialista em marketing Philip Kotler, fidelizar um cliente pode ser até 7 vezes mais barato do que adquirir um novo e nada melhor para conseguir reter seus clientes do que um programa de cashback.

Pense bem, ele faz uma compra e recebe uma parte do valor de volta, quando precisar comprar algo que você vende, seu site será o primeiro que ele irá buscar, afinal ele já tem um “desconto” com o valor que tem guardado de cashback.

Crescer o valor do ticket médio

A ideia do cashback é oferecer percentuais progressivos de dinheiro de volta, ou seja, quanto mais comprar, mais o cliente terá de valor devolvido. Com mais poder de compra a tendência é que ele compre mais e o valor do ticket médio passe a crescer.

Imagine que você venda celulares e tenha um programa de cashback de 10% e o cliente está atrás de um aparelho de R$1000, uma vez que ele sabe do valor que terá de volta ele pode optar por um celular de R$1100 para comprar uma opção mais vantajosa.


Esperamos que com essas dicas você esteja um passo adiante para iniciar um programa de cashback na sua empresa e possa aproveitar os benefícios que ele traz.
Este artigo foi escrito pela Apps Ecommerce, desenvolvedora de aplicativos para Shopify como Parcelamento Installments e Boleto Recovery.

Losporonga Blog

a LOSPORONGA traz para você os melhores conteúdos da internet. Seja bem-vindo e desfrute de pautas especialmente separadas para você. Portal de conteúdos atualizado diariamente https://losporongas.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 + 20 =

Go up